01 agosto 2015

Cabelo Masculino: Caspa!

Oi gente, tudo bem com vocês?

Recentemente fui ao salão tratar de um problema que aflige vários homens e também as mulheres... a caspa! Pois bem, pesquisei um pouco mais sobre o assunto e decidi fazer esse post resumindo tudo para vocês, explicando como ela surge e uma maneira de acabar com ela.
Um incômodo terrível, mesmo que seja uma caspa "leve", que deixa a gente super irritado e muitas vezes até constrangidos, pois as camisas e/ou ternos ficam sujas e às vezes nem percebemos. A caspa em nós homens é muito mais comum do que nas mulheres. E apesar de muitos não se preocuparem, ela pode evoluir para um quadro mais grave como uma dermatite ou seborreia, além de poder levar a queda de cabelo.


Como surge a caspa?

A caspa é apenas uma descamação do couro cabeludo. A caspa surge comumente durante o início da adolescência e na andropausa (menopausa masculina). Existe também a caspa que surge pela regeneração excessiva da pele, ocasionando aquele "pó" branco que é mais evidente durante o uso de camisas escuras. (Ô, ódio!)


Quais são os tipos de caspa?

Tem a caspa seborreica, que acontece geralmente pelo acúmulo de óleo. Facilmente notada pela coceira e não descamação da pele, onde pode apresentar um couro cabeludo com aspecto amarelado e oleoso.

A caspa seca que pode aparecer pelo uso errado dos shampoos que agridem o couro cabeludo e causam o ressecamento e aparecimento da caspa.

A caspa oleosa é a mais comum entre os homens. Ela aparece com o excesso de oleosidade e o acúmulo desse óleo.

Tem tratamento?

Claro! Em casos mais simples, o problema pode ser resolvido apenas com algumas mudanças de hábito. E em outros casos, é indicado procurar um dermatologista para tratamento.


Tem como evitar o aparecimento da caspa?


Sim, apesar de que nem sempre essas essas tentativas são bem sucedidas. Cuidados necessários, sem exageros, podem dar resultado satisfatórios e evitar maiores gastos no futuro.

Evite fazer as coisas a seguir se quiser manter a saúde dos seus fios:

1. Água quente. Minha cabeleireira, que é a minha mãe, sempre fala que água quente danifica os fios, pois estimula a produção de sebo no cabelo.


2. O exagero no uso de shampoos anti-resíduos e adstringentes.
Esses produtos ressecam e podem causar descamação e também estimula a produção de sebo.

Dica: No dia à dia, é ideal você usar um shampoo neutro ou natural. Eu uso um que é a base de Camomila e adoro!


3. Dormir de cabelo molhado.Essa não tem justificativa galera, além de favorecer a proliferação de bactérias e fungos, pode deixar o cabelo com mal cheiro.

4. Uso excessivo de gorros e chapéus.
Quem me acompanha no Instagram, sabe que eu ando usando gorros, mas uso esporadicamente. O uso excessivo favorece o aparecimento de fungos e bactérias devido ao suor e a falta de ventilação. Não usem gorros, bonés e chapéus com o cabelo molhado!

5. Alimentos ricos em gordura.
Se você é daqueles que acha que o que você come não influencia em mais nada, a não ser no ganho de peso, você está redondamente enganado, pois sua alimentação influi até no seu cabelo e faz parte do tratamento para evitar a caspa.

P.S.: Existem diversas receitas caseiras para evitar a caspa, mas o uso dessas receitas é contra-indicado, pois às vezes podem piorar o caso de caspa.


Bom, por hoje é só! Espero que tenham gostado do post. E fiquem ligados nas mudanças aqui no blog. Logo, logo teremos um novo layout!

Agora, contem pra mim o que vocês acharam do post nos comentários.
Tchau!



Nenhum comentário:

Postar um comentário